domingo, 4 de janeiro de 2009

Com 1.000 kcal a mais por dia, é possível engordar 1 kg em uma semana


Festas de fim de ano são sempre um convite a exageros nas bebidas e comidas, que acabam levando nos levando a começar o ano novo com um volume a mais ao redor da cintura.


Poxa como é dificil lutamos o ano todo e quando chega o final , estamos aqui denovo , na luta rs rs Mas somo sfortes e determinadas para chegarmos lá ??? Onde no peso ideal , peso da saúde , do bem estar da beleza e da auto-estima...

Truques para sobreviver às festas de fim de ano sem ganhar peso

Fim de ano é sempre a mesma coisa. Mil festas, amigos secretos da empresa, reencontro de velhos amigos da escola/ faculdade...e tudo em volta de muita, muita comida!!! Comidas que a gente espera o ano inteiro, como o peru da avó, a farofa da tia, o doce da cunhada. Isso quando o presente que ganhamos não é panetone ou bombons. Não, não acho que é pecado nenhum experimentar essas guloseimas, nem acho que devemos sofrer sem comê-los em nome de um corpo perfeito. Quem acompanha minha coluna, sabe que sou contra extremos.

Panetones

Vamos começar pelo assunto panetones, uma vez que a comilança se dá bem antes das festas. O fato do panetone ser aerado, bem levinho, gostoso, se dá pelo tanto de gordura que esse alimento contém. Sem contar as novidades do mercado com recheio de brigadeiro, bicho do pé e até pasta de avelã e chocolate. Então, o que fazer com os montes de panetones que ganhamos nesta época? DISTRIBUIR!!! Isso mesmo. Com certeza você tem que presentear alguém, então passe adiante os panetones. Se já presenteou todo mundo, então aproveite a ocasião e faça uma caridade doando para aqueles que têm um Natal carente.

Happy hours e festas de amigo secreto. Tente pré-estabelecer a quantidade de álcool a ser ingerida. Como você sabe álcool engorda muito, além de causar estragos na sua dignidade que você não vai querer se lembrar no dia seguinte. Para alcançar sua meta, dê goles pequenos e tente alternar bebida com água. Lembre-se que não é inteligente beber de estômago vazio. Por outro lado, os petiscos das festas costumam ser bem calóricos. Assim, antes de sair, coma um sanduíche de pão integral bem recheado com peito de peru, queijo branco e salada, que é magrinho, saudável e substitui uma refeição.

Mas eu, que sou muito gulosa, me preocupo MESMO é com jantares e almoços familiares. Aquelas mesas repletas de iguarias que espero o ano inteirinho para saborear me deixam salivando dois dias antes. OK, quando comemos um pouco a mais num dia não acontece nada demais, nosso corpo metaboliza, voltamos a nossa rotina e nada muda. Mas no fim de ano o jantar é seguido de almoço, seguido de jantar de sobras e depois de alguns dias começa tudo de novo!!!

Lógico que passar estes dias sem ganhar uma grama exige um autocontrole muito difícil de se encontrar. E nem acho que é o caso. Faz parte das festas e do divertimento comer, o que não significa devorar a comida a ponto de passar mal. Devemos ter um bom senso para tudo, o que inclui saber comer, beber e escolher a hora de parar.

Truques para sobreviver magra ao Natal e festas de fim de ano

Claro que tenho alguns truques que vou passar:

1. Tomar um iogurte antes da festa. Hoje em dia existem produtos no mercado com até 35 calorias! Muito menos do que uma fruta! O iogurte sacia bastante, e talvez você consiga se conter durante a fase de aperitivos. Pelo menos, se não se conter, vai comer beeeem menos...

2. Olhar todas as opções antes de montar o prato. Diante de uma mesa tão farta e saborosa, costumamos ficar indecisos. Ou então pegar um pouquinho de tudo, e quando percebemos o prato está gigantesco!!!! Dê uma volta na mesa e olhe tudo o que tem. Organize mentalmente um prato que seja equilibrado, com alimentos energéticos, construtores e reguladores. Lembre-se de não colocar porções gigantescas.

3. Não repetir. Nosso organismo sabe exatamente quanto de comida ele precisa. Normalmente, quando repetimos, é gula, não precisamos desse adicional de comida.

4. Não comer se não gostar. Se já temos vontade de comer mais do que deveríamos, porque deveríamos comer o que não está bom? Deixe para comer somente o que gosta.

5. Escolher opções menos calóricas. Se está na dúvida entre dois pratos, não hesite em escolher aqueles que vão lhe adicionar menos calorias: molhos vermelhos, preparações assadas ou cozidas, com pouca gordura. Evite maioneses e molhos de cor branca, à base de creme de leite. Prefira aves, peixes a carnes.

6. Deixe um lugar para a sobremesa. Lembre-se que a sobremesa também é sempre muito boa. Assim, termine a refeição com um pouquinho de fome. Assim, você terá espaço para degustar uma sobremesa que escolher!

Se nada disso der certo, não se estresse. Ano novo, novos objetivos. Que tal se matricular numa academia e pensar seriamente numa reeducação alimentar?

Pense Nisso


Só perda de peso é critério errôneo para avaliar eficácia de dieta

Fracionar alimentação é essencial para perder peso

Nutricionista ensina receitas para preparar uma ceia light

Ganho de peso não significa ganho de gordura

2 comentários:

Adriana disse...

Oi, adorei conhecer o seu blog, meu nome é Adriana cheguei a pesar 100 k, emagreci 30k, só que agora estou retomando pq relaxei e estou com 85k snif! espero sair vitoriosa dessa luta...

Adriana disse...

www.oblogdadrica.zip.net